A Polícia Civil através da Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE) com apoio da Coordenação de Recursos Especiais (CORE) frustrou um possível homicídio na cidade de Rio Branco, nesta sexta-feira, 26, quando criminosos se preparavam cometer o crime.

Cleverson de Souza Pereira, de 27 anos, e Willian Melo Cunha, de 25 anos, foram presos em flagrante em posse de uma arma de fogo tipo pistola calibre .40 à espera da saída de presos em regime semiaberto da Unidade Prisional (UP4).

De acordo com o delegado Pedro Resende, responsável pela investigação, a denúncia chegou até a polícia e de posse das informações os agentes conseguiram se antecipar aos fatos e prender os acusados.

“Os policiais receberam a informação e de pronto já se deslocaram para vasculhar a área apontada na denúncia. Lá encontraram os dois homens suspeitos em posse de uma arma de fogo de uso restrito (calibre . 40). Ambos receberam voz de prisão em flagrante e, após apresentados, foram encaminhados a audiência de custódia”, declarou delegado Pedro Resende.

Ambos já respondem pelo crime de tráfico de droga e tinham mandado em aberto. Eles serão indiciados pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. A dupla foi encaminhada ao presídio e colocados à disposição da justiça.

Deixe seu comentário