Ex-jogador do São Paulo é encontrado morto   com a genitália mutilada

177

Por: Eudes F. Goes

O corpo de Daniel Correia Freitas, de 24 anos, foi encontrado no último sábado (27) em uma área de vegetação que fica na Estrada do Mergulhão em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. O corpo de Daniel foi encontrado com sinais de violência extrema, com cortes de arma branca no pescoço e o pênis decepado.

A morte do jogador foi confirmada por meio de sua assessoria de imprensa na noite de domingo (28).

Policiais civis tomaram conhecimento de um corpo abandonado por intermédio de uma denuncia anônima e logo foi instaurado um inquérito para apurar autoria e as motivações do crime.

Os primeiros indícios dão conta de que o homicídio foi precedido de tortura, e que o assassino tentou degolar a vítima.

Daniel foi revelado pelo Cruzeiro e passou por vários times como Botafogo, Ponte Preta, Coritiba e São Paulo. Atualmente ele estava emprestado ao São Bento, e por certo ficaria no time até o final do Campeonato Brasileiro Série B.

Na noite anterior ao crime o jogador estava em uma casa noturna  quando decidiu ir até a casa de amigos em São José do Pinhais, onde passou a noite se divertindo.

O corpo de Daniel foi achado por um morador em uma área de vegetação, à margem de uma estrada de plantação de pinos.

Na delegacia de São José dos Pinhais uma testemunha apresentou-se ao delegado do caso, revelando que na noite anterior estava junto ao grupo. Conta a testemunha que a certa altura voltou para casa e Daniel continuou se divertindo com os demais amigos..

A policia civil conseguiu informações de que,  quando esteve jogando bola na região, Daniel teve um caso com uma mulher casada, e que ao voltar, o casal reatou o relacionamento.

As suspeitas são de que  o marido da mulher tenha preparado uma vingança para Daniel, mas tudo não passa de especulações e há expectativas de que até sexta feira a imprensa será convocada para uma coletiva.

Fontes da Policia civil declararam que já existe um suspeito de ter cometido o crime.

Deixe seu comentário