Faccionário é morto por integrante de facção rival

80

Por: Eudes F. Góes

Os crimes de morte continuam manchando de sangue o cotidiano do acreano. Nem mesmo na Semana Santa diminuíram as ocorrências de homicídios e tentativas em Rio Branco.  Uma das vítimas foi Joel Araújo Cunha (46), morto com seis tiros quando trafegava em sua motocicleta próximo ao Centro Paroquial São Paulo, no  Bairro Calafate. Os matadores foram dois elementos que também estavam de motocicleta e executaram Joel em via pública, sem dó nem piedade. Após o crime os dois desconhecidos fugiram, tomando rumo ignorado.

Populares acionaram os socorristas do SAMU que, ao perceberem a ausência dos sinais vitais, limitaram-se a atestar o óbito.

Policiais do 4º BPM que patrulhavam a região foram informados do crime e isolaram o corpo para que os peritos do Instituto Médico Legal realizassem os trabalhos de perícia e remoção do cadáver.

Agentes do DHPP (Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa) também foram acionados e após colherem informações saíram em diligência para prender os criminosos.

Até o fim desta edição nenhum dos assassinos tinha sido localizado.

Deixe seu comentário