Estado libera recursos para prefeituras de Acrelândia e Plácido de Castro atuarem no programa Ramais do Acre

19
Ítalo Cesar S. Medeiros-diretor presidente do Deracre- Foto: Eudes Góes

Por:

Eudes F. Góes

Em solenidade que aconteceu na sede do Deracre na tarde desta sexta feira (7), o estado por meio do Deracre (Departamento de Estradas de Rodagens Infraestrutura, Hidroviária e Aero portuária) liberou recursos financeiros para as Prefeituras de Acrelândia e Plácido de Castro.  A transferência dos recursos faz parte do Programa Ramais do Acre e  a quantia a ser repassada para todos os municípios do estado soma seis milhões de reais.

A cerimônia de assinatura do repasse para as duas prefeituras foi simples e contou com as presenças dos prefeitos  das duas cidades.

Para a Prefeitura de Acrelândia coube uma quantia de cento e noventa e três mil  e duzentos reais e  para Plácido de Castro duzentos e oitenta e quatro mil e oitocentos reais, recursos que serão destinados à compra de combustível e manutenção das máquinas que atuarão na manutenção dos ramais

A solenidade de assinatura dos repasses foi presidida pelo Diretor do Deracre Ítalo César S. Medeiros e contou com a presença de Wagner Sales, assessor especial do governo, e do Deputado  Luís Tchê (PDT), atual líder do governo na Assembleia Legislativa  do Acre.

Wagner Sales foi o primeiro a discursar em nome do Governador Gladson Cameli, declarando o quanto é importante a função do prefeito, porque “é dele que todos cobram. O governador está longe e o presidente muito mais ainda. Os prefeitos não descansam, pois um vereador juntamente com outras pessoas vai a sua casa fazer as reivindicações. Por isso eles são de suma importância, por estarem próximo da população e dos problemas.”

Disse ainda Wagner Sales que seu primo Gladson Cameli “está fazendo a coisa certa, liberando recursos para as prefeituras, porque é no município que as pessoas moram”

Sobre o governo passado, Wagner declarou que “eles fizeram muita coisa, mas cansaram no poder, e depois de vinte anos estavam se achando os donos do estado”

O deputado  Luiz Tchê (PDT) afirmou que “os deputados estão tentando criar uma base de sustentação na Assembleia Legislativa para ajudar o governo”

Ele disse ainda: “o governo de Gladson Cameli é um governo desprovido de revanche político, pois trabalha com qualquer pessoa ou agremiação política, não fazendo distinção de cor partidária”

O deputado continuou: “O estado está se esforçando para liberar noventa e sete milhões, uma emenda da bancada de 2017, que estava emperrada e poderia retornar aos cofres da caixa”.

Dando continuidade à cerimônia, o primeiro que assinou o recebimento do convênio  foi  o Prefeito de Acrelândia Ederaldo Caetano de Sousa (PSB) e na sequência o Prefeito de Plácido de Castro Gedeon Sousa Barros (PSDB).

Em seu discurso, Caetano declarou que “a prefeitura de Acrelândia depende muito de repasses do governo do Estado, já que sozinha ela não tem como fazer tudo, uma vez que o transporte escolar é cem por cento custeado pela prefeitura e isso sai com custo elevado”.

Ele afirmou ainda: “no momento preferimos o piçarramento dos ramais do que apenas cinco quilômetros de ramais asfaltado. Nós estamos sempre dispostos a fazer parceria”

Por sua vez, o Prefeito de Plácido de Castro disse aos presentes que no começo de sua gestão conseguiu realizar a recuperação dos ramais, mas no decorrer do mandato os gastos fixos da prefeitura foram se tornando mais pesados, por isso faltou dinheiro para investir. Ele declarou: “somente nossa prefeitura tem mil quilômetros de ramais para serem recuperados, e os custos com combustível são bastantes elevados, por isso precisamos da ajuda do governo do estado.” E prosseguiu: “O maior problema do município é a falta de ramais para escoar a produção agrícola.”

Assessoria

Deixe seu comentário