Por

Eudes F. Góes

Um velho cenário de violência cotidiana voltou a se repetir, e a vitima da vez foi Zaqueu da Silva Felipe, de 25 anos, morto com sete tiros de pistola na região lombar, quando se dirigia pela Rua Duval Camilo, Bairro Canaã, em Rio Branco, para pegar o filho na escola. O crime foi cometido por dois homens  que estavam sobre uma motocicleta, que após cessarem os disparos fugiram do local para rumo ignorado.

De acordo com informações,  Felipe se dirigia devagar em sua bicicleta com destino a escola do filho, onde costumeiramente pegava a criança e depois voltava para casa. Mas, por volta das 17 horas, quando ia repetir a velha rotina foi interrompido por dois meliantes armados, que chegaram a disparar 12 vezes contra ele, e pelo menos sete tiros o acertaram nas costas.

Populares acionaram a Polícia Militar que estava nas proximidades, que além de proteger o corpo,  acionou outras patrulhas  em buscar dos criminosos,mas sem, no entanto, conseguir prendê-los.

Uma unidade de suporte avançado do SAMU, mais uma vez durante o dia foi acionada, mas a vitima já havia perdido rapidamente, todos os sinais vitais e considerada morta.

Policiais civis do DHPP (Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa) foram acionados para colher informações, e dar início às investigações.

Homens do Instituto Médico Legal, IML, foram acionados para periciar o corpo e depois removê-lo da cena do crime com destino a sala de necropsia do órgão.

Chocados e chorosos os familiares disseram a imprensa que a vitima não tinha quaisquer  envolvimento com o crime.

 

 

 

 

Deixe seu comentário