Presidiário monitorado por tornezeleira é morto no Boa União

22
Jonathan Wendel Ribeiro Rodrigues-Foto: PM

Por

Eudes F. Góes

O presidiário monitorado por tornezeleira eletrônica Jonathan Wendel Ribeiro Rodrigues, de idade não revelada, foi assassinado  com três tiros na noite desta quinta feira (27), na Rua 16 de Julho, Bairro Boa União,após ter a residência invadida  por criminosos.Logo que consumaram o crime os dois criminosos que chegaram  à casa de motocicleta fugiram sem deixar pistas.

Jonathan Wendel Ribeiro Rodrigues-foto: Facebook

De acordo com informações de vizinhos, a vitima se encontrava  na sala de sua casa, e com uma criança de colo, quando os criminosos chegaram de motocicleta, entraram no  terreno e invadiram a casa da família. Na ocasião, Wendel  após ser surpreendido chegou a pedir para que os matadores  deixassem ele colocar a criança que estava com ele no  sofá.

Tão logo a criança foi posta sobre o assento, os criminosos dispararam três vezes contra ele, que caiu ao chão do imóvel, e ali ficou agonizando, enquanto os homens partiram em fuga.

Populares acionaram uma equipe de suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU, para socorrer a vítima, mas mesmo chegando rápido ao local do crime, nada pode fazer pela vitima. Wendel foi  a óbito antes mesmo de receber os primeiros atendimento médicos.

Policiais militares do 3º BPM foram acionados e ao realizaram diligência pela região não conseguiram prender nem um dos criminosos.

Uma dupla de agentes do DHPP ( Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoas) foram chamados para tomar conhecimento do crime, e de imediato deram início às investigações.

A Policia Técnica esteve no local do crime para realizar a perícia de praxe e remover o corpo de Wendel com destino à sala de necropsia do Instituto Médico Legal, IML.

Policiais debitam a morte de Wendel à guerra entre facções criminosas, que ocorre em todo o Estado do Acre.

Deixe seu comentário