Rio Branco tem tarde irrigada pela chuva e sangue da guerra entre as facções

16

 

Por:Eudes F. Góes

Uma dupla tentativa de homicídio, a tiros de armas de fogo, ocorreu na tarde desta segunda feira (11), na Rua Praia Grande, Bairro Aroeira, em Rio Branco, e deixou como vítimas Walison Lima Galdino, 19 anos e Diego de Souza Cruz, de 26 anos. O crime se deu quando a vitimas foram feitas de reféns por integrantes de uma facção rival. O rapazes conseguiram fugir, mas mesmo assim foram alvejado com projéteis de arma de fogo.

De acordo com informações, as vítimas são integrantes da facção criminosa Bonde dos Treze e os atiradores do Comando Vermelho. No momento as duas organizações se encontram em constante guerra.

Segundo uma das vítimas, por volta das treze horas desta segunda feira, os dois faccionários caminhavam pela via pública, quando inesperadamente surgiu um grupo de seis homens portando armas de fogo e os fizeram de reféns.

Na ocasião, rendidos e sob a mira de armas, eles foram obrigados a se dirigir para uma área de mata próxima, onde os inimigos tiraram suas fotografias, e as imagens foram enviadas ao grupo de watsap da facção.

Ainda no local submetidos a opinião dos criminosos, o que  na prática acabou sendo  um julgamento, qual a sentença capital foi a morte dos reféns.

No entanto, quando os algozes se preparavam para execução, o bando decidiu que deveria amará-los, e foi neste momento que os dois homens correram sob uma saraivada de balas.

O assassinato só não se consumou porque na hora de amarra-los um dos indivíduos se precipitou e atirou, e nessa ocasião os dois homens saíram correndo e foram baleados.

Deseperados eles pediram ajuda e uma residência situada próximo do local, de onde o proprietário do imovel ligou para policía e o SAMU.

A quadrilha  logo após a partida das vítimas fugiu para rumo ignorado.

Policiais militares do 4º Batalhão  foram acionados,  e se dirigiram a região com intuito de proteger as vítimas e prender os autores do disparos. Mas após algumas rondas pela região ninguém foi preso.

Duas equipes de socorristas do SAMU foram encaminhadas a região, e após prestarem os primeiros socorros, os dois homens foram levadas ao HUERB (Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco).

De conformidade com o DR. Antônio Castro do  SAMU, Diego levou um tiro na boca e outro de raspão na cabeça, enquanto Walison, 5 tiros, costas, abdômen, braço e perna.

Walison corre risco de morte.

Policiais do DHPP (Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa) foram ao hospital colher informações com as vítimas, para estabelecer uma linha de investigação sobre o caso.

Deixe seu comentário