Trabalhador, vítima de acidente, peregrina entre HUERB e FUNDHACRE na tentativa de operar a perna

24
João Braz de Aquino, de 52 anos-Foto:Eudes Góes
Por: Eudes F. Goes

O trabalhador rural João Braz de Aquino, de 52 anos,  vítima de acidente de trabalho, denunciou neste domingo (10) que está sofrendo há sete meses com um problema na perna e precisa ser operado. João conta que já peregrinou diversas vezes entre a FUNDACRE e o HUERB e está correndo o risco de perder a perna pelo descaso das autoridades médicas que alegam falta de condições para para operá-lo.

O trabalhador  disse que já não aguenta mais essa situação, pois sofre com dores e por isso está praticamente morando no pronto socorro, à espera de que o Estado resolva a sua situação.

João Braz de Aquino, de 54 anos-Foto: Eudes Góes

“Tudo que eu quero e voltar andar e trabalhar como uma pessoa normal”

O homem informou que trabalhava em uma fazenda nos arredores de Rio Branco, recebendo um salário de mais de dois mil reais.

Depois do acidente que machucou sua perna,  ele passou a receber pelo INSS, nos conformes da lei,  mas o dinheiro mal dá para comer.

Segundo o trabalhador, o que mais ele almeja no momento é voltar ao trabalho e também poder caminhar sem as muletas.

Vídeo

Deixe seu comentário