Vanin da Silva Souza de 33 anos foi assassinado com três tiros, por volta das 18 horas deste sábado no   Bairro Calafate, quando caminhava a pé na companhia de um sobrinho. O homem era usuário de droga e atualmente trabalhava como caseiro de uma chácara localizada na região.

De acordo com informações, o assassino chegou a pé e efetuou  três disparos na vítima que já baleado saiu correndo  em direção à Rua Projetada onde caiu e foi a óbito.

O SAMU chegou a ser acionado, mas quando chegou no local o homem já estava sem vida.

Familiares de Vanin disseram à Polícia que ele vinha sendo ameaçado devido a uma acusação de assassinato que aconteceu no mês de janeiro, no Município de Sena Madureira. “O crime pode ter sido uma retaliação por este homicídio. Por diversas vezes ele reclamou que estava sendo ameaçado”, disse um parente que não quis ter o nome revelado.

O corpo foi periciado e removido por funcionários do IML.

Este é  mais um caso cheio de mistério para o DHPP investigar.

Policiais do Quarto Batalhão fizeram rondas pelo local, mas não conseguiram prender nenhum suspeito.

Deixe seu comentário